Poder de compra de suinocultores atinge recorde--Cepea

SÃO PAULO, 23 Out (Reuters) - O poder de compra dos suinocultores paulistas e catarinenses atingiu em outubro níveis recordes na série história do Cepea, iniciada em 2004, impulsionado por uma queda nos preços do milho e uma baixa oferta de animais para abate, informou nesta quarta-feira o centro de pesquisas da Universidade de São Paulo.

Na parcial de outubro, a relação de troca entre carne e milho subiu 60,6 por cento para o produtor paulista, na comparação com o mesmo período de 2012.

Na terça-feira, a venda de 1 kg de suíno permitia a compra de 10,20 kg de milho, melhor resultado para o produtor no período desde que o Cepea começou a monitorar as cotações, há nove anos.

Para o produtor catarinense, a mesma troca equivalia a 8,9 kg de milho por 1 kg de suíno vivo, patamar 62,4 por cento superior ao observado na parcial de outubro de 2012 e o segunda maior da série do Cepea.

O mercado de milho segue em patamares mais baixos ante o ano passado principalmente por conta de uma oferta recorde na safra 2012/13, explicou o Cepea.

Já as altas nos preços do suíno vivo estão atreladas especialmente à baixa oferta de animais para abate, uma vez que a demanda continua relativamente estável, acrescentou.

No mercado atacadista, os preços da carne suína também seguem firmes, refletindo, ainda que parcialmente, as altas nas cotações do animal vivo.

A carcaça especial negociada no atacado da Grande São Paulo se valorizou 4,1 por cento no período entre 15 e 22 de outubro, com 1 kg cotado na média de 6,62 reais na terça-feira.

(Por Laiz de Souza)

See all articles from Reuters
Loading...

Friend's Activity