S&P 500 fecha na máxima recorde, amparado por balanços tecnológicos

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK, 25 Out (Reuters) - O índice S&P 500 fechou em mais uma máxima histórica nesta sexta-feira, amparado por ganhos no setor tecnológico diante de resultados fortes da Microsoft e da Amazon.com.

As gigantes tecnológicas foram as mais recentes empresas a oferecer boas notícias na temporada de balanços, que tem tido desempenho misto de maneira geral, especialmente em termos de receita, onde a porcentagem de companhias que superaram as expectativas de analistas tem ficado abaixo da média de longo prazo.

O índice Dow Jones avançou 0,39 por cento, para 15.570 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,44 por cento, para 1.759 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,37 por cento, para 3.943 pontos.

Na semana, o Dow Jones acumulou alta de 1,1 por cento, o S&P 500 avançou 0,9 por cento e o Nasdaq ganhou 0,7 por cento.

A Microsoft deu o maior impulso para os três índices, enquanto a Amazon.com também ajudou o S&P 500 e o Nasdaq. O papel da Microsoft saltou 6 por cento, para 35,73 dólares, um dia após a companhia anunciar lucro e receita acima das estimativas de analistas.

Já o papel da Amazon.com chegou a avançar para o recorde de 368,40 dólares na máxima do dia, após a rede de comércio online divulgar crescimento de vendas mais forte do que o esperado. O papel terminou com alta de 9,4 por cento, para 363,39 dólares, enquanto o índice de tecnologia do S&P 500 ganhou 0,4 por cento na sessão.

O mercado tem avançado após a aprovação, na semana passada, de legislação para evitar o default dos Estados Unidos e dar fim à paralisação parcial do governo, além de crescentes especulações de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, vai adiar a redução do estímulo monetário em meses. O S&P 500 havia fechado em máximas históricas nas quatro sessões até quarta-feira.

"Parece que o mercado está reagindo muito bem às boas notícias, enquanto as más notícias são interpretadas apenas como evidência de que o Fed não será capaz de reduzir o estímulo em breve", disse o presidente do LibertyView Capital Management, Rick Meckler.

O S&P 500 acumula alta de 23,4 por cento até agora neste ano, pouco menos do ganho de 23,5 por cento registrado em 2009. Superar o recorde de 2009 daria ao índice o maior ganho anual em uma década.

See all articles from Reuters
Loading...

Friend's Activity